Português: Uso do porque, por quê, porquê e por que

Vote nessa matéria: 1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas6 estrelas7 estrelas8 estrelas9 estrelas10 estrelas

A fim de ajudar a sanar as dificuldades no uso dos porquês (por que, por quê, porquê e por que), vão algumas dicas para que você não faça feio na redação de textos. As dicas são simples, práticas, indolores, e de fácil gravação.

Uso do Porque

A palavra “porque” é uma conjunção explicativa ou causal. Pode ser substituida na frase por palavras como pois, uma vez que, já que, como, pelo fato de, etc.

Exemplo A: Não foi para a balada porque não tinha dinheiro suficiente.

Exemplo B: Porque não gosto de frutos do mar, também não sou fã de pescaria.

Uso do Por quê

Você usa “por quê” normalmente nos finais de frase (antes do ponto final, exclamação ou interrogação).

     





Exemplo: Ela é antipática, sabe por quê?

Uso do Por que

Trata-se de uma preposição junto de um pronome interrogativo ou relativo. Para você não se confundir, basta que substitua o “por que” da frase por “por qual razão” ou “por qual motivo”. Se você substituir, e a frase não perder o significado, o uso de “por que” está certíssimo.

Exemplo: Você sabe por que ela não compareceu?

Uso do Porquê

Apesar de não parecer, a palavra “porquê” é um substantivo masculino. É usado com sentido interrogativo, de causa, de razão ou então de motivo.

Exemplo: Não entendi muito bem o porquê do rapaz ter ido embora para sempre.


Participe! Deixe um comentário sobre esta matéria.

Comentários

  1. valeu mesmo vc me ajudou

  2. Adorei esse site explicando o uso dos porques;ajudou muito para meus conhecimentos de portugês.Valeu muito a pena!!!
    Bjs.

Quer realizar um comentário?

*





RSS RSS (comentáos)